A Aprilia vai sair do buraco? Parece que estão se acertando.

Aprilia está muito feliz com o trabalho do novo piloto de testes Bradley Smith e tem planejado para ele nada menos que cinco wildcards no MotoGP durante a temporada de 2019, o diretor técnico  Roman Albesiano confirmou que o ex-Tech 3 e KTM volta para a pista agora na quarta-feira para o teste oficial de Sepang, depois o teste do Qatar e a participará da corrida noturna do Qatar. “Estamos absolutamente felizes com o Bradley”, disse Albesiano ao Crash.net. “Ele já fez uma contribuição muito positiva com sua abordagem durante os testes, sua velocidade, seu feedback”.

Para o piloto britânico, será uma boa oportunidade para se manter próximo dos seus colegas na classe rainha e manter viva a esperança de regressar um dia como piloto oficial. A chegada de Smith e a nova aventura com Andrea Iannone significam também que a Aprilia não tem pressa em encontrar uma equipa satélite. “Acho que no curto prazo não precisamos de um segundo time, temos três pilotos muito bons e é mais que suficiente”, acrescentou Romano Albesiano, “preferimos qualidade a quantidade”.

A qualidade das informações e a nova estrutura da equipe de teste mostraram desenvolvimentos positivos já nos testes privados em Sepang, com Aleix Espargaró mais rápido que as 13 motos presentes na pista. “Foram três dias muito bons, partimos dos resultados obtidos em Jerez em novembro, onde encontramos alguns pontos muito interessantes e confirmamos esses pontos com o Bradley”, explicou Albesiano. “Então tentamos algumas dessas coisas com Aleix e ele reconfirmou tudo. Então, é como um círculo que se encerra após um longo período complicado para a equipe. Tudo isso é muito positivo porque significa que o sistema está funcionando, o que significa que a equipe de teste está fazendo um bom trabalho. Temos um ótimo ponto de partida para a temporada, tanto no chassi quanto no lado eletrônico.”

Agora esperamos um feedback de Andrea Iannone, que estará testando conosco entre quarta e sexta-feira após os dois primeiros testes oficiais de Valência e Jerez. “Temos que trabalhar para que o motor possa fornecer potência e torque ideais através da configuração na parte eletrônica, tudo tem que estar fino!”. Finalmente Albesiano também falou sobre a sua mudança de papel, passando de gerente da Aprilia Racing para diretor técnico após a chegada de Massimo Rivola como CEO. “Massimo é um profissional de alto nível em gestão esportiva, então acho que seremos muito mais fortes depois de sua chegada.”
________________________________
Matéria originalmente traduzida do site Tuttomotoriweb.com
________________________________

 

Opinião pessoal:
Não digo que a Aprilia mudará da água para o vinho, mas o fato de estarem investindo em uma equipe de testes já é um grande avanço. Mesmo com a moto sendo uma verdadeira porc#$)@ em 2018 víamos alguns lampejos da máquina pelas mãos do Aleix se aproximando do top10 em muitas corridas.

É bom ver interesse da Aprilia em querer melhorar, ainda mais que estão com cinco wildcards previstos para seu piloto de testes, Bradley Smith. Já cheguei a dizer por aqui que a fabricante italiana estava apenas no gride marcando presença, mas agora, mesmo com um orçamento pequeno, veremos avanços da equipe fazendo-se presentes com mais frequência no top10. Pilotos eles têm em mãos, Aleix que se quebrou diversas vezes buscando o limite da moto e mostra-se um bom piloto, e Iannone que pra mim é um piloto de grande excelência mas que nos últimos anos tem se mostrado fraco, um monstro adormecido, VOLTA CRAZY JOE!!!

Iannone – Crazy Joe – matando um pobre animal indefeso.