Alex Rins em Jerez: Sentimos que podemos ser competitivos em 2019

Alex Rins teve um excelente final para a temporada de 2018, com trĂȘs pĂłdios, dois quartos lugares e dois top 6 nos Ășltimos sete Grandes PrĂȘmios. Ele terminou em quinto no Campeonato e provou como a Suzuki se tornou competitiva.

Foi nestas boas notas que ele, Rins, começou os testes de prĂ©-temporada, primeiro em ValĂȘncia na semana passada, onde terminou em sĂ©timo em tempos combinados, depois em Jerez esta semana.

Companheiro de equipe do estreante Joan Mir, Rins garantiu o desenvolvimento da måquina ao lado do piloto de testes, Sylvain Guintoli, e estå claro que ele não procurou ser råpido, mas sim executar o programa. Teste intenso que estava no programa. Entre o novo chassi, o novo motor, um novo braço oscilante e atualizaçÔes eletrÎnicas, o piloto espanhol não parou e finalmente terminou em décimo lugar nos tempos combinados desses dois dias.

Ele estava muito satisfeito com o trabalho e otimista sobre 2019: “Estes dois dias foram muito positivas, pois tentĂĄmos tudo (novo chassi, novo motor e muitas comparaçÔes). Ontem eu estava mais focado no chassi e hoje no motor. Esta manhĂŁ começamos com o chassi 2018 e o novo motor de especificaçÔes. Testamos todas as sugestĂ”es que os engenheiros fizeram. Foi muito positivo. Ainda nĂŁo terminamos, mas eles vĂŁo trabalhar nisso. NĂłs trabalhamos muito e sentimos que podemos ter uma moto muito competitiva. “

Matéria originalmente traduzida do Paddock-GP