Cal Crutchlow vence pela primeira vez no MotoGP

Cal Crutchlow vence em Brno
Cal Crutchlow vence em Brno

Cal Crutchlow vence em Brno

Cal Crutchlow venceu o Grande Prêmio da República Checa com 7 segundos de vantagem para Valentino Rossi segundo lugar.

A pista estava molhada e o tempo fechado. Márquez faz uma boa largada e saiu da primeira curva no primeiro lugar, já Valentino Rossi caiu para a 12.ª posição. Dovizioso liderava a prova quando Iannone passava para a segunda posição pouco tempo depois.

Num curto espaço de tempo, Márquez desce para 4.º lugar, Redding passou o espanhol. O grupo líder até então era constituído por 3 Ducati, começava a distanciar de Márquez. Jorge Lorenzo estava fora da zona de pontuação. Uma corrida para esquecer outra na chuva para o campeão do mundo de 2015.

Scott Redding sobe para o segundo lugar, colocando Dovizioso no lugar mais baixo do pódio. A 15 minutos do fim, Cal Crutchlow faz a volta mais rápida (2:08.760), enquanto batalhava com Rossi, e sobe 3 posições num curto espaço de tempo.

Dovizioso é alvo de um problema técnico Barbera assume a 3.ª posição. Dovi entrou para os boxes e trocou de moto, que tinha pneus intermédios. Iannone continuava em primeiro mas a partir dai a pista começa a secar e as Ducatis que pareciam inalcançáveis começam a perder performance.




Crutchlow mantinha um ritmo estonteante. Rossi começa a subir na tabela classificativa. O britânico e o Doutor eram os únicos que entravam no segundo 08 e que conseguiam impor um ritmo bastante forte.

Márquez perde a sua posição para Crutchlow e o britânico estava a um passo do pódio. Ultrapassa Barbera, Redding e faltava apenas um piloto para alcançar a liderança: Iannone. Para Rossi o alvo era ultrapassar Márquez. Acaba por fazer isso mesmo!

Iannone permaneceu lider da corrida até à volta 15, mas o piloto teve problemas no seu pneu dianteiro. O fato colocou o The Maniac na oitava posição.

pneus-min

Disse Iannone:

Estou desapontado com a forma como a corrida decorreu porque acredito que, hoje, mais uma vez a moto teve muito potencial. Comecei a corrida sem grandes dificuldades, sempre com um olho no desgaste dos pneus, até chegar a 7 voltas do fim. Nessa altura vi que tinha problemas com o pneu dianteiro. 

O piloto da LCR consegue o impensável: liderar a prova. Restava agora Valentino Rossi fazer algo semelhante, uma vez que já tinha ultrapassado Márquez e apenas Barbera e Iannone estavam à sua frente. Com 5 voltas para o fim, o n.º 46 consegue chegar à segunda posição e tenta diminuir a diferença de 6 segundos para o piloto da LCR.

No fim da corrida, Crutchlow consegue manter a distância para Rossi e termina em primeiro. Márquez consegue ultrapassar as Ducati e fecha o pódio.

O ultimo britânico a vencer um MotoGP foi Barry Sheene, há 35 anos.

Cal disse após a corrida que deve a sua escolha arriscada de pneus a vitoria e lembra o nascimento recente de sua filha

Não me levem a mal quanto aos meus sentimentos sobre esta minha primeira vitória na categoria do MotoGP, mas com o nascimento da Lucy ( Filha ) foi o meu maior presente. Mas sim estou muito feliz pela minha equipa, trabalhamos muito, e apostei no inicio com a escolha dos pneus, não sei se mais alguém o fez , mas estou muito muito feliz pela minha equipe

RESULTADOS FINAL DA CORRIDA

POS

#

RIDER NAME

GAP

1

35

C. CRUTCHLOW

47:44.290

2

46

V. ROSSI

+7.298

3

93

M. MARQUEZ

+9.587

4

76

L. BAZ

+12.558

5

8

H. BARBERA

+13.093

6

50

E. LAVERTY

+13.812

7

9

D. PETRUCCI

+23.414

8

29

A. IANNONE

+24.562

9

25

M. VIĂ‘ALES

+24.581

10

53

T. RABAT

+37.131

11

68

Y. HERNANDEZ

+39.911

12

26

D. PEDROSA

+41.097

13

44

P. ESPARGARO

+43.202

14

6

S. BRADL

+45.687

15

45

S. REDDING

+1:02.201

16

19

A. BAUTISTA

+1:18.841

17

99

J. LORENZO

+4.889

RT

4

A. DOVIZIOSO

35:47.906

RT

38

B. SMITH

32:20.512

RT

41

A. ESPARGARO

28:20.553

Classificação do Campeonato até agora:

Marc Marquez – Repsol Honda Team (RC213V) – 197 points
Valentino Rossi – Movistar Yamaha MotoGP (YZR-M1) 144 points (-53)
Jorge Lorenzo – Movistar Yamaha MotoGP (YZR-M1) – 138 points (-59)
Dani Pedrosa – Repsol Honda Team (RC213V) – 109 points (-88)
Maverick Viñales – Team Suzuki Ecstar (GSX-RR) – 100 points (-97)
Andrea Iannone – Ducati Team (Desmosedici GP) 96 – points (-101)
Pol Espargaro – Monster Yamaha Tech 3 (YZR-M1) – 81 points (-116)
Andrea Dovizioso – Ducati Team (Desmosedici GP) – 79 points (-118)
Hector Barbera – Avintia Racing (Desmosedici GP14.2) – 76 points (-121)
Cal Crutchlow – LCR Honda (RC213V) – 66 points (-131)
Eugene Laverty – Aspar MotoGP Team (Desmosedici GP14.2) – 63 points (-134)
Scott Redding – Octo Pramac Yakhnich (Desmosedici GP15) – 54 points (-143)
Aleix Espargaro – Team Suzuki Ecstar (GSX-RR) – 51 points (-146)
Jack Miller – Estrella Galicia 0,0 Marc VDS (RC213V) – 42 points (-155)
Bradley Smith – Monster Yamaha Tech 3 (YZR-M1) – 42 points (-155)
Stefan Bradl – Factory Aprilia Gresini (RS-GP) – 39 points (-158)
Danilo Petrucci – Octo Pramac Yakhnich (Desmosedici GP15) – 38 points (-159)
Alvaro Bautista – Factory Aprilia Gresini (RS-GP) – 35 points (-162)
Tito Rabat – Estrella Galicia 0,0 Marc VDS (RC213V) – 26 points (-171)
Loris Baz – Avintia Racing (Desmosedici GP14.2) – 24 points (-173)
Michele Pirro – Ducati Team (Desmosedici GP) 23 points (-174)
Yonny Hernandez – Aspar MotoGP Team (Desmosedici GP14.2) – 8 points (-189)

Veja Corrida Completa:

Moto2

folger-brno-win

Jonas Folger vence o GP de Moto2 em Brno com Rins em segundo e Lowes em terceiro.

Zarco talvez tomando por uma Síndrome de Lorenzo em chuva conseguiu somente a decima posição

Resultado da Corrida:

POS

#

RIDER NAME

GAP

1

94

J. FOLGER

45:30.342

2

40

A. RINS

+5.175

3

22

S. LOWES

+9.021

4

54

M. PASINI

+14.763

5

73

A. MARQUEZ

+17.959

6

55

H. SYAHRIN

+24.247

7

52

D. KENT

+25.696

8

21

F. MORBIDELLI

+25.916

9

44

M. OLIVEIRA

+27.199

10

95

A. WEST

+36.340

11

5

J. ZARCO

+36.754

12

97

X. VIERGE

+37.377

13

60

J. SIMON

+37.456

14

32

I. VIĂ‘ALES

+37.579

15

19

X. SIMEON

+37.776

16

7

L. BALDASSARRI

+49.011

17

77

D. AEGERTER

+1:01.767

18

23

M. SCHROTTER

+1:08.803

19

24

S. CORSI

+1:09.535

20

57

E. PONS

+1:09.554

21

87

R. GARDNER

+1:16.694

22

70

R. MULHAUSER

+1:16.851

23

11

S. CORTESE

+1:17.235

24

2

J. RAFFIN

+1:43.708

25

14

R. WILAIROT

+54.599

RT

30

T. NAKAGAMI

28:40.325

RT

10

L. MARINI

23:12.444

Moto3

john-mcphee -brno

John Mcphee vence o GP da República Checa, com uma vantagem de 10 segundos para o segundo classificado, numa corrida em piso molhado.

A 5 voltas do fim, o lĂ­der do campeonato sofreu uma queda na curva 1. O piloto perde a traseira e nĂŁo consegue recuperar, vendo-se obrigado a abandonar a prova. McPhee passa, entĂŁo, a liderar a prova, e consegue sua primeira vitoria na categoria.

Resultado da Corrida Moto3:

POS

#

RIDER NAME

GAP

1

17

J. MCPHEE

45:36.087

2

88

J. MARTIN

+8.806

3

4

F. DI GIANNANTONIO

+9.777

4

33

E. BASTIANINI

+10.654

5

23

N. ANTONELLI

+13.872

6

84

J. KORNFEIL

+15.533

7

64

B. BENDSNEYDER

+15.819

8

36

J. MIR

+16.289

9

8

N. BULEGA

+16.473

10

9

J. NAVARRO

+16.681

11

95

J. DANILO

+18.198

12

16

A. MIGNO

+21.640

13

24

T. SUZUKI

+31.007

14

11

L. LOI

+36.895

15

65

P. OETTL

+43.651

16

98

K. HANIKA

+57.814

17

19

G. RODRIGO

+1:01.428

18

42

M. RAMIREZ

+1:04.134

19

6

M. HERRERA

+1:27.585

20

76

H. ONO

+1:27.997

21

20

F. QUARTARARO

+1:33.942

22

3

F. SPIRANELLI

+1:34.610

23

58

J. GUEVARA

+1:34.942

24

77

L. PETRARCA

+2:08.319

RT

55

A. LOCATELLI

38:42.245

RT

41

B. BINDER

33:30.271

RT

89

K. PAWI

33:37.282

RT

43

S. VALTULINI

33:52.803

RT

40

D. BINDER

31:29.139

RT

21

F. BAGNAIA

29:00.595

RT

12

A. ARENAS

26:56.299

RT

7

A. NORRODIN

21:52.390

RT

44

A. CANET

19:17.816

 

Fontes Motogp, Motorcyclesports