Cal Crutchlow vence em Phillip Island, Márquez cai

Cal Crutchlow vence Austrália
Cal Crutchlow vence Austrália

Cal Crutchlow vence Austrália

Vitória de Cal Crutchlow em Phillip Island, que beneficiou de uma queda de Marc Márquez, que antes de cair liderava a prova.

Cal Crutchlow é o homem do momento após vencer a corrida em Phillip Island, ele que reforçou a liderança como melhor piloto não fabrica do campeonato.

O britânico da LCR Honda tinha uma vantagem de dez pontos sobre Pol Espargaró mas no final do GP australiano essa vantagem é agora de 24 pontos.

Uma corrida onde Rossi largaria em (15.º), Lorenzo em (12.º) e Viñales (13.º) prometia uma corrida de muitas ultrapassagens, liderada pelo novo campeão do mundo, Marc Márquez que largava da Pole.

Pol Espargaró fez uma ótima largada e pula para primeira posição, Márquez não demora muito o ultrapassar.

Rossi ultrapassava Viñales e atacava Hayden. Crutchlow batalhava com Pol Espargaró pelo segundo lugar, com Márquez já a quase dois segundos de vantagem sobre o segundo.

Aleix bate Crutchlow e P. Espargaró pouco depois para chegar a segundo, numa batalha entre os 3. Entretanto Rossi passava Lorenzo e era sexto, com o colega de equipe lutando pelo sétimo posto com Petrucci.

Rossi era o primeiro a rodar no segundo 29 e colava-se a Pol Espargaró, passando-o pouco depois. Seguiu-se Dovizioso, incapaz de conter Rossi, que agora era quarto, aproximando de Aleix Espargaró, que era terceiro.

Márquez estava a 2.5 segundos de Crutchlow, outro dos mais velozes em pista, quando sofreu uma queda na curva quatro e abandona a corrida.

Crutchlow herda a liderança mas Rossi começa a aproximar-se a cada volta.

A 13 voltas do fim, Crutchlow não abrandava o ritmo e tinha 2.8 segundos de vantagem sobre Rossi

Dovi e Aleix batalhavam na corrida, trocando de lugar várias vezes, com Viñales à espera do momento ideal para atacar ao erro de um dos dois, que logo acontece, a cinco voltas do fim Aleix cai quando era terceiro, na curva quatro.

Viñales ganhava o duelo com Dovi e perseguia Rossi, que tinha vantagem de 1.5 segundos a três voltas do fim. Lorenzo era sexto, quase a 20 segundos de Cal.

Crutchlow vence a corrida, com Rossi em segundo, ele que partiu do 15.º lugar na fila. Destaque ainda para o terceiro lugar de Viñales, em boa forma neste final de temporada.

Apesar da boa corrida de Rossi, a Yamaha já completa 9 corridas sem vitorias, Uma das causas para esta escassez de triunfos está nas dificuldades que Rossi e Lorenzo estão tendo para lidar com a irregularidade dos pneus da Michelin, que continuam a não transmitir boas sensações. A má relação entre o espanhol e o italiano também não ajuda.

Resultado final:

POS # Piloto Tempo
1
35
C. CRUTCHLOW
40:48.543
2
46
V. ROSSI
+4.218
3
25
M. VIÑALES
+5.309
4
4
A. DOVIZIOSO
+9.157
5
44
P. ESPARGARO
+14.299
6
99
J. LORENZO
+20.125
7
45
S. REDDING
+28.369
8
38
B. SMITH
+28.781
9
9
D. PETRUCCI
+28.792
10
43
J. MILLER
+28.815
11
6
S. BRADL
+31.809
12
19
A. BAUTISTA
+47.734
13
68
Y. HERNANDEZ
+47.749
14
50
E. LAVERTY
+54.311
15
7
M. JONES
+55.875
16
53
T. RABAT
+1:06.395
17
69
N. HAYDEN
+1:22.604
RT
8
H. BARBERA
36:42.129
RT
41
A. ESPARGARO
33:18.496
RT
93
M. MARQUEZ
13:35.800
RT
76
L. BAZ




Moto2

luthi-pi

Tomaz Luthi vence a corrida de Moto2 com uma batalha final emocionante contra o Italo-Brasileiro Franco Morbidelli, a diferença foi de uma roda entre os pilotos.

Resultado final da Corrida:

POS # Piloto Tempo
1
12
T. LUTHI
39:15.891
2
21
F. MORBIDELLI
+0.010
3
11
S. CORTESE
+0.530
4
7
L. BALDASSARRI
+3.081
5
30
T. NAKAGAMI
+3.815
6
94
J. FOLGER
+11.087
7
24
S. CORSI
+13.291
8
49
A. PONS
+16.411
9
23
M. SCHROTTER
+17.650
10
97
X. VIERGE
+17.665
11
19
X. SIMEON
+17.762
12
5
J. ZARCO
+17.796
13
2
J. RAFFIN
+31.575
14
57
E. PONS
+34.670
15
14
R. WILAIROT
+40.454
16
10
L. MARINI
+47.707
17
70
R. MULHAUSER
+1:34.470
18
93
R. ROSLI
+10.299
NC
20
A. NOCCO
38:11.544
RT
54
M. PASINI
34:34.627
RT
52
D. KENT
35:05.193
RT
87
R. GARDNER
21:50.867
RT
60
J. SIMON
14:21.367
RT
27
I. LECUONA
14:36.321
RT
40
A. RINS
9:33.844
RT
22
S. LOWES
3:16.300
N1
55
H. SYAHRIN

 

 Moto3

binder-pi
Sem dar chances aos adversários o campeão. Brad Binder, venceu a corrida de Moto3 em Phillip Island, chegando a sexta vitória este ano.
A Corrida foi marcada por um acidente grave envolvendo vários pilotos, e nova relargada com 10 pilotos de fora na linha.

Vídeo do Acidente:

[wpdevart_youtube]Bea6W4uKU_M[/wpdevart_youtube]

Resultado Final:

POS # Piloto Tempo
1
41
B. BINDER
16:22.009
2
55
A. LOCATELLI
+5.937
3
44
A. CANET
+9.594
4
40
D. BINDER
+9.642
5
11
L. LOI
+9.680
6
88
J. MARTIN
+9.750
7
42
M. RAMIREZ
+9.996
8
76
H. ONO
+10.115
9
95
J. DANILO
+10.142
10
64
B. BENDSNEYDER
+10.358
11
7
A. NORRODIN
+10.447
12
20
F. QUARTARARO
+10.569
13
24
T. SUZUKI
+10.682
14
65
P. OETTL
+10.979
15
6
M. HERRERA
+13.763
16
12
A. ARENAS
+13.821
17
77
L. PETRARCA
+28.297
18
3
F. SPIRANELLI
+42.036
19
48
L. DALLA PORTA
+50.454
20
14
M. BARTON
+1:23.446
RT
19
G. RODRIGO
14:53.651
RT
9
J. NAVARRO
14:54.470
RT
43
S. VALTULINI
13:29.845
N1
23
N. ANTONELLI
NS
8
N. BULEGA
NS
16
A. MIGNO
NS
17
J. MCPHEE
NS
36
J. MIR
NS
21
F. BAGNAIA
NS
89
K. PAWI
NS
33
E. BASTIANINI
NS
4
F. DI GIANNANTONIO
NS
58
J. GUEVARA
NS
84
J. KORNFEIL

 

Empresario, pai e entusiasta do mundo das duas rodas, criou o blog Maniamoto em 2015 com a intenção te ter um espaço democrático e livre onde todos possam expor suas opiniões e trocar ideias sobre o assunto Motovelocidade.