CRÍTICA: A KTM provou que está parada ao relento.

Onde a KTM realmente está? Após o GP português concluí o que já havia falado após o GP duplo no Qatar: A equipe austríaca está enrolada na sua própria vaidade. No começo achei incrível ver uma equipe trazendo novidades como o chassi treliça, a suspensão própria(WP), mas agora enxergo que nada disso ou pelo menos parte não está funcionando. Como uma equipe que foi dominante em uma pista na temporada passada conseguiu ser pífia em 2021?

Está bem claro que a atual filosofia da KTM não é capaz de acompanhar o padrão da categoria, mas o que seria esse padrão? Chassi deltabox e suspensão Ohlins.

Faço questionamentos bem simples:

A KTM teria coragem de adentrar no mundo dos chassis deltabox?
A KTM teria coragem de abrir mão da sua suspensão para pedir fornecimento à Ohlins?

Sendo bem sincero, de forma alguma creio que eles vão abrir mão da WP, mas creio que existe uma possibilidade de começar a usar o chassi de alumínio(deltabox).

Aos que não sabem, o chassi de deltabox é feito a partir de um bloco de alumínio e tem como resultado uma peça inteiriça, única, sem emendas ou soldas. Bem diferente do chassi de aço carbono da KTM, onde suas inúmeras partes são soldadas. Há relatos de quando a Ducati fazia o uso de chassi treliça quando Stoner guiava, o ex-piloto afirmava que quando trocava de moto, mesmo usando a mesma configuração em ambas, sentia que existia diferença entre elas, ou seja, era praticamente impossível ter um chassi padrão porque as soldas feitas manualmente impossibilitavam isso.

Aos que não sabem, a Ducati terceiriza a fabricação do seu chassi, no caso a encarregada é a Sutter.

Pit Beirer e os demais homens da KTM chegaram na categoria falando que o chassi de treliça era tradição e que nunca iria abandonar a filosofia, no fim abriram mão da filosofia mas não da matéria prima de fabricação que é o aço carbono, por isso creio que é mais fácil eles abrirem mao do chassi do que da suspensão.

Acredito que o chassi em aço carbono já rendeu o que tinha que render, é necessário começar do zero no deltabox para evitar frustrações futuras. Com relação à suspensão eu torço para que eles continuem no desenvolvimento da mesma, já que sua tecnologia pode ser aplicada às motos de rua. Não estou nos bastidores, mas acredito que boa parte dos problemas da KTM estão nesse chassi, acredito nisso porque a Ducati que foi campeã com esse mesmo tipo de estrutura e não usa mais, qual o motivo para uma novata continuar insistindo nisso?

Já chega de amadorismo, a KTM está tomando até da Aprilia, isso é inadmissível porque a fabricante de Noale era a piada do gride e a KTM está lutando para assumir tal função, é necessário acordar antes que seja tarde demais.

A torcida está avisando!