Dê sua opinião, o que você mudaria na MotoGP?

Todos que gostam da MotoGP são atentos aos mais diversos detalhes que compõem esse espetáculo, que vão dos pneus e seus compostos, os motores e suas especificações técnicas(V4, 4 em linha, crossplane, big bang), chassis(monocoque de fibra de carbono, treliça, deltabox), suspensão, balança da suspensão traseira(monobraço ou comum, em fibra de carbono ou alumínio).

 

Podemos falar também das pistas, quais tecnicamente favorecem pelo menos no papel qual equipe, ou como a temperatura da pista, do clima e da umidade relativa do ar pode impactar no desempenho das motos.

São inúmeros fatores importantes que acabamos ficando perdidos com tantas informações. A Dorna nos últimos tempos tem trabalhado arduamente para tornar a categoria mais simples e competitiva, começando por ajudas financeiras para as equipes, cada moto no gride a equipe recebe uma quantia em dinheiro, uma espécie de subsídio. Também como forma de deixar a competição mais linear colocou em exercício a Central Eletrônica Única, algo bem interessante.

Todos nós temos uma opinião sobre o assunto e o ManiaMoto quer saber a sua.

O QUE VOCÊ MUDARIA NA MOTOGP PARA TORNÁ-LA AINDA MAIS COMPETITIVA?

Eu, Henrique, vou dizer o que mudaria…

“De forma resumida, estabeleceria uma regra sobre o fornecimento de motos, as equipes de fábricas estariam proibidas de fornecer motos velhas para as equipes satélites. Nessa temporada mesmo vemos algumas equipes com motos de 2016, projetos que simplesmente não fazem frente aos concorrentes, estão lá sempre no fim do gride para cumprir tabela. Se o fator financeiro fosse um grande limitador para essa ação, mudaria a regra para que as motos/projetos fornecidos tivessem no máximo um ano de idade. Acredito que veríamos uma competição ainda mais acirrada.”

Dê sua opinião.