Ducati novamente sendo perseguida por conta das asas.

A partir desse momento, Gigi¬†Dall’Igna¬†iniciou um trabalho enorme em toda a carenagem aerodin√Ęmica da Ducati para substituir as asas atuais por uma solu√ß√£o diferente, mas igualmente eficaz.¬†

Neste per√≠odo de dois anos, a¬†Ducati¬†refinou a sua t√©cnica dia ap√≥s dia at√© ao √ļltimo casco visto e montado por todos os pilotos da Ducati na temporada passada.¬†Como tamb√©m¬†confirmado ontem¬†por¬†Ciabatti¬†durante o programa “Paddock TV”, no entanto, uma nova mudan√ßa da regulamenta√ß√£o desejada por algumas casas empurrou o time vermelho para rever novamente sua aerodin√Ęmica.

O velho casco, o usado no final de 2018, na verdade, não pode mais ser usado por causa das asas que se projetam demais para fora, que de acordo com o novo regulamento oficial possuem uma certa periculosidade. Precisamente por este motivo, em Sepang, assistimos a estreia do novo casco que deu um bom feedback ao time italiano. No entanto, uma coisa é certa: Com toda certeza a ideia de mudar o regulamento das asas não partiu do time italiano.

Paolo Ciabatti¬†falou sobre a novidade nada agrad√°vel: “As novas regras n√£o nos permitem usar o casco como o usamos na temporada de 2018. Devemos reduzir as asas superiores conforme exigido pelo regulamento, por isso estamos felizes dos testes feitos com o novo casco.¬†As mudan√ßas servem para manter os custos financeiras sob controle.¬†As regulamenta√ß√Ķes continuam a mudar todos os anos, como vem acontecendo com a aerodin√Ęmica, na verdade aumenta os custos porque precisamos estudar novas solu√ß√Ķes.¬†Pensamos que uma regula√ß√£o √ļnica √© √ļtil para todos”.

Modelos de asas usadas em 2018, apesar da moto j√° estar com a pintura 2019…
Modelo proposto pela Ducati para 2019