Johann Zarco fala a respeito da Honda, Rossi e seu futuro.

Ap√≥s dois anos de experi√™ncia com a¬†Yamaha Tech3,¬†Johann Zarco¬†decidiu aceitar a oferta da¬†KTM, uma equipe ambiciosa que pretende conquistar o t√≠tulo mundial nos pr√≥ximos anos.¬†O frances demonstrou repetidamente seu talento nas duas √ļltimas temporadas e os objetivos para 2019 √© dar mais um passo √† frente.

Você pode nos contar sobre as diferenças entre a KTM e a Yamaha?

Há muitas coisas diferentes, especialmente porque a KTM é uma moto realmente nova, apenas com dois anos de vida, então quando você começa a sentir que há uma base diferente a ser criada para ir mais rápido. Quando cheguei na Yamaha havia muitas coisas já feitas bem, então era mais fácil dirigir. No entanto, com o tempo, será melhor mesmo com a KTM.

O que voc√™ acha que o problema da Yamaha tem sido nos √ļltimos dois anos?

Dif√≠cil dizer porque o que eu experimentei na moto foi incr√≠vel.¬†Poder√≠amos nos sair muito bem, mas algumas vezes nos esfor√ß√°vamos muito para nada.¬†Eu n√£o assisti de perto aos problemas da equipe oficial.¬†Meu problema, para o qual eu estava sempre reclamando era da baixa ader√™ncia na traseira, a moto √© √≥tima! Eu diria que talvez a melhor maneira de lidar com os problemas atuais deles √© investindo nos componentes eletr√īnicos, especialmente em rela√ß√£o os o que a Ducati vem fazendo.

Em quanto tempo você acha que pode lutar pelo título com a KTM?

O título com a KTM? Espero o mais breve possível. Eu acho que o primeiro ano é uma missão impossível porque haverá muitas coisas para acertar na moto. Já a partir do segundo ano, veremos se podemos nos aproximar do top 5. Se eu puder ir assim nos próximos dois anos, terei prazer em renovar para 2021 e 2022, almejando ao título.

Por que você escolheu a KTM?

Eu diria que foi a equipe que mais me desejou, mesmo que em determinado momento eu pudesse ir para a Honda, havia uma oferta real e em determinado momento tivemos que fazer uma escolha e acreditar nesse desafio. Seguramente em uma Honda teria sido mais fácil ficar no pelotão da frente, mas o que eu gosto do que stou experimentando agora com a KTM.

O seu ex empresário disse que Valentino Rossi fechou as portas na Yamaha para seu ingresso na equipe. Você pode comentar sobre isso?

N√£o, n√£o tenho nada a dizer. Isso foi apenas rumores no paddock.¬†Mesmo que quem tenha dito isso seja o meu ex empres√°rio, eu realmente n√£o concordo com as afirma√ß√Ķes.

Quais ser√£o os seus objetivos para essa temporada?

Eu acho que pode ser uma meta poss√≠vel alcan√ßar o top 10 em muitas corridas e especialmente na classifica√ß√£o final.¬†Para n√≥s, √© um objetivo poss√≠vel e, no primeiro ano, pode ser um sinal de const√Ęncia.¬†Ele enviaria a mensagem de que encontramos uma boa base para construir e continuar ainda mais forte no pr√≥ximo ano.

Seu ex-companheiro de equipe Folger está de volta às pistas como piloto de testes. Você acha que poderá ser um valor agregado para a Yamaha?

Eu diria sim porque Folger √© um piloto que √© forte de qualquer maneira.¬†Foi visto nos testes de inverno em novembro em Val√™ncia e tamb√©m em Jerez.¬†Isso dar√° boas indica√ß√Ķes para a Yamaha.

KTM tem uma grande história também no Dakar. Você gostaria de tentar algo nesta corrida no futuro?

Eu gostaria muito de participar do Dakar. Nós devemos nos preparar. O meu sonho seria ser campeão no MotoGP, depois vou teria tempo para treinar para o Dakar. Então, se eu for um campeão na KTM terei a melhor maneira de fazer o Dakar apenas por diversão.

Valentino Rossi vai correr no MotoGP aos 40 anos. O que você acha? Você gostaria de correr nessa idade também?

Respeito. Vale é uma pessoa incrível, com motivação ilimitada. Eu acho difícil me ver como ele aos 40 anos, mas o que ele já está fazendo me dá o desejo de seguir até os 35 neste nível. Eu diria que no momento é o meu ideal.

Quem você acha que vai ser o campeonato mundial no MotoGP em 2019?

Marc M√°rquez, √© o mais constante, j√° conhece a moto e com sua equipe faz um √≥timo trabalho.¬†Depois dos testes vi Vinales em grande forma.¬†Depois h√° a Ducati, Dovizioso e Petrucci, eu diria que podemos ter algumas surpresas agrad√°veis ‚Äč‚Äčcomo Rins e Bagnaia. Marquez parece-me que tem mais press√£o porque √© o n√ļmero um.

Matéria originalmente traduzida do site Tuttomotoriweb.com