KTM: “Corremos porque queremos vender motos”.

KTM RC16

A KTM ainda n√£o bateu em 2018 o melhor resultado de corrida de sua temporada de estreia(duas nonas coloca√ß√Ķes – 2017 – Rep√ļblica Tcheca e Austr√°ulia) no MotoGP, mas a f√°brica insiste que “n√£o est√° entrando em p√Ęnico” e eventualmente alcan√ßar√° seu objetivo de vit√≥ria, n√£o importa quanto tempo leve.

“O segundo ano √© sempre mais dif√≠cil do que o primeiro”, disse o CEO da KTM, Stefan Pierer, acrescentando que o¬†acidente de pr√©-temporada de¬†Pol Espargar√≥¬†em Sepang foi um fator que atrasou o progresso, mas no geral eu acho que √© um progresso passo a passo”.

O nono lugar de Espargar√≥ no ano passado na Rep√ļblica Tcheca e as rodadas australianas marcaram o ponto alto da impressionante campanha de estreia da KTM.¬†As esperan√ßas de continuar a trajet√≥ria ascendente em 2018 at√© agora foram frustradas com no m√°ximo uma d√©cima coloca√ß√£o, mas isso n√£o significa necessariamente que o RC16 caiu de rendimento.

“N√£o estamos entrando em p√Ęnico, sabemos o que estamos fazendo e todos os passos est√£o acontecendo”, disse o diretor da KTM Motorsports, Pit Beirer.¬†“As dificuldades desta classe eram esperadas e quando as coisas correram muito bem [no ano passado] sempre dissemos: ‘espere, haver√° dias dif√≠ceis’.”¬†

“Agora os conseguimos, mas os √ļnicos dias tristes para n√≥s s√£o os que os pilotos se lesionaram. Ter uma competi√ß√£o dif√≠cil no MotoGP n√£o nos deixa tristes ou em p√Ęnico, √© isso que vamos consertar”.

“Parece que os resultados √†s vezes n√£o s√£o muito melhores do que no ano passado, mas temos mais que o dobro dos pontos do ano passado neste momento”.¬†

“Em todas as corridas at√© Brno est√°vamos mais perto do vencedor do que no ano passado – em algumas corridas de forma significativa, at√© 40 segundos como em Assen. Terminar 20 segundos atr√°s de um cara como¬†Marc Marquez¬†n√£o √© um desastre”.¬†

“Ent√£o tudo est√° bem, mas a competi√ß√£o √© inacredit√°vel e tudo est√° t√£o apertado. Um segundo na qualifica√ß√£o pode significar que voc√™ estar√° na 18¬™ posi√ß√£o!”

‘As corridas s√£o 75% de reconhecimento da nossa marca’

Ao contrário dos seus rivais, a KTM não tem uma moto de produção de 1000cc para comercializar diretamente como resultado do novo programa de MotoGP.

“Eu acho que o segmento de Supersport √© um segmento muito pequeno e achamos que uma moto com esse poder deve ir em um momento futuro”, explicou Pierer.“As corridas no MotoGP para n√≥s s√£o 75% sobre a cria√ß√£o de reconhecimento da marca e n√£o apenas nos mercados desenvolvidos, mas especialmente nos mercados emergentes”.¬†

“Ent√£o estamos t√£o felizes que a Herve(Tech3) tenha um piloto da Mal√°sia, que √© um mercado muito importante para n√≥s”.

“Corremos porque queremos vender motos. Essa √© a raz√£o. At√© agora funciona e foi por isso que decidimos entrar no segmento mais caro, dif√≠cil e competitivo que √© o MotoGP. Nos √ļltimos dois anos j√° conseguimos ver o resultado nas nossas contas”.

‘O chassi de a√ßo √© uma vantagem’

Pierer também confirmou que a fábrica não tem planos de abandonar a estrutura de treliça de aço e se juntar a seus competidores de MotoGP usando um chassi de alumínio.

“A estrutura de a√ßo √© uma vantagem em compara√ß√£o com a moldura de alum√≠nio. Posso dizer. Podemos ver em todos os segmentos, desde o offroad at√© √† Moto2, porque estamos a ficar mais r√°pidos no final da corrida, e veremos mais cedo ou mais tarde coisas semelhantes no MotoGP. Essa √© a nossa vantagem”.¬†

“Temos uma posi√ß√£o √ļnica. Somos l√≠deres de mercado em arma√ß√Ķes de a√ßo e vamos nos ater a isso. Somos os mais experientes”.

KTM bike

A KTM marcou 41 pontos de construtor Рe está à frente da Aprilia Рapós as onze primeiras rodadas desta temporada, contra 29 pontos no mesmo estágio do ano passado. 

√Č o melhor piloto do ranking, Pol Espargar√≥, que est√° em 15¬ļ na classifica√ß√£o dos pilotos (32 pontos), apesar de ter perdido as duas √ļltimas rodadas devido a les√£o, comparado com o 19¬ļ (21¬ļ) na temporada passada.

Johann Zarco¬†se juntar√° √† equipe de f√°brica no lugar de¬†Bradley Smith¬†em 2019, quando a equipe da Tech3 aumentar√° o n√ļmero de RC16s na grade para quatro m√°quinas.
_____________________

Loris Baz substituirá Pol Espargaró na KTM,

Matéria originalmente traduzida so site CrashNet