KTM poderia estar interessada em comprar a Ducati.

Deixando de lado a gest√£o esportiva das equipes(KTM, Yamaha, Honda, Ducati…) no Mundial de MotoGP, no n√≠vel de vendas a¬†Ducati¬†alcan√ßou picos nunca antes vistos, gra√ßas tamb√©m √† excelente gest√£o nesse sentido de¬†Domenicali.¬†Em Borgo Panigale, em suma, andam trabalhando muito bem e nos √ļltimos anos La Rossa se tornou uma das motos mais procuradas do planeta.

Precisamente por este motivo, o valor da marca italiana que foi paga 740 milh√Ķes de euros pela¬†Volkswagen¬†em 2011 hoje quase que dobrou e por isso muitas vezes se prev√™ uma poss√≠vel venda pelo grupo alem√£o da marca italiana.¬†At√© agora t√™m havido muitos rumores nos corredores entre os quais h√° muitos¬†interessados na aquisi√ß√£o da fabricante italiana.

Dizem que a bola da vez é a KTM. Stefan Pierer, CEO dos austríacos, disse:

“A Audi poder√° em breve ter outras prioridades al√©m de uma f√°brica de motocicletas devido ao diesel e √† mobilidade eletr√īnica. A Ducati √© a Ferrari da ind√ļstria de motocicletas. √Č claro que ter essa marca no nosso grupo seria interessante. N√£o √© uma quest√£o de pre√ßo, mas √© sobre o t√≥pico: quando √© que todos v√£o perceber em que situa√ß√£o a Ducati est√°? Novos desafios de homologa√ß√£o nos aguardam – por exemplo, temos o Euro 5. Em 2024, a quest√£o do ru√≠do surgir√°. √Č tamb√©m no desenvolvimento demogr√°fico na Europa. Hoje voc√™ tem que ir para a √Āsia com o neg√≥cio de motocicletas, para a √ćndia. Se voc√™ n√£o for bem sucedido l√°, voc√™ acabar√° por desaparecer. A Ducati n√£o est√° preocupada com o pre√ßo de venda, mas com a pergunta: “Como podemos nos tornar mais forte juntos?” Chegar√° uma hora em que o conselho se reunir√°…”