Jorge Lorenzo: Em 2019 correrei 100%

Jorge Lorenzo garante: “Em 2019 vou correr 100%, n√£o √© como a m√≠dia diz que ficarei desempregado, n√≥s temos op√ß√Ķes diferentes e em duas semanas voc√™ saber√° mais¬†“.¬†O retorno √† Yamaha est√° se tornando uma possibilidade real?¬†Eu n√£o posso falar mais, voc√™ ter√° uma imagem mais clara em Montmel√≤”.

Neste momento, Lorenzo está no centro de um autêntico caos entre a Yamaha, Marc VDS, os patrocinadores malaios Petronas e Monster. Todas as pistas levam a uma solução que traça a estrada até Lorenzo para retornar à sela de uma M1. Os rumores inclusive já dão conta de que a Petronas está disposta a montar uma equipe satélite para abrigar o espanhol e o seu pupilo Malaio, Siahryn.

Dorna, obviamente, não pode se dar ao luxo de deixar ir embora de casa um piloto cinco vezes campeão mundial, como Lorenzo , e parece cada vez mais claro que o espanhol irá continuar pilotando, mas em uma M1, embora não seja gerenciado diretamente pela equipe de fábrica um piloto desse nível pode ser um grande problema para qualquer outro adversário que esteja no gride.

Lorenzo chegou em Mugello feliz depois do dia promocional passado em Veneza. Nos testes da semana passada tentamos um tanque diferente, o que me ajuda a frear melhor. Tenho muita confiança porque fui muito rápido, especialmente em curvas. Esta é a corrida em casa da Ducati, aqui venceram várias vezes. Podemos fazer muito bem, é uma corrida importante mas isso não mudará o meu futuro.

Solicitaram um coment√°rio sobre as declara√ß√Ķes de Claudio Domenicali que efetivamente exp√īs o fracasso do projeto e a conclus√£o definitiva do relacionamento, Lorenzo usou a diplomacia:¬†“Eu n√£o quero comentar as palavras do CEO, tenho que respeitar suas palavras.¬†N√£o me considero um grande piloto, mas sou campe√£o e pretendo melhorar para vencer com a Ducati.”