Márquez vence o GP do Caos em Brno

“A experiencia traz sabedoria” no passado vimos a Honda ter desclassificado Márquez em um erro de estrategia em uma corrida flag a flag, mas em Brno veio a redenção pois foram perfeitos, quem precisa de muita experiencia ainda com tempo misto é a Dorna e as equipes principalmente a Ducati, uma sucessão de erros, confusões e acidentes na entrada dos boxes por falta de regras que pudesse antever e controlar o que vimos.

Márquez antecipou a troca de motos quando a pista começou a secar, decisão que viria a ser fundamental para a sua vitória. A partir daí só deu Marquez, que chegou a ter mais de 20 segundos sobre o segundo classificado seu companheiro de equipe Dani Pedrosa, enquanto os mais diretos adversários procuravam recuperar do atraso por terem adiado a troca de moto.

Erros no geral a Ducati merece um capitulo especial, Jorge Lorenzo vinha com muito otimismo por ter recuperado a confiança na frente da moto com a nova carenagem que estreou no circuito, o piloto com pista molhada “seu ponto fraco” dispara na frente e chega a colocar 2 segundo logo na segunda volta dos demais.

Mas quando começa a secar a pista começa a perder rendimento e é o segundo piloto a entrar nos boxes orientado pela Ducati que já via o bom rendimento de Márquez após a troca, até aquele momento a decisão era a correta mas as duas motos estavam preparada para chuva e Lorenzo ficou em pé aguardando os ajustes para corrida no seco, a equipe liberando a moto com metade dos ajustes feitos, era o ultimo a sair indo para ultima posição.

Tentando corrigir com Dovizioso o erro que cometeram com Lorenzo a Ducati segura o Italiano na pista até finalizar o preparo da segunda moto dele, que também estava com preparação para a chuva, com isso perderam um tempo precioso, Dovi teve que escalar posições é chegar em sexto com Lorenzo em quinto.

Não muito pior foi a estrategia da Yamaha que apesar de não ter cometido o erro grotesco da Ducati de preparar a moto reserva com a mesma configuração da principal, retardou chamar Valentino para a troca de moto, o erro lhe custou a vitoria, mas uma boa performance fez com que Valentino recupera-se varias posições e terminasse em quarto a menos de 2 segundo de Viñales que fechou o pódio em Brno.

A corrida ainda foi marcada por queda nos boxes de Iannone devido falta de regras para entrada e saida dos boxes, Aleix Espargaró cortou caminho “sem culpa na minha opinião” e fez Iannone travar os freios e cair, prejudicando ainda mais a corrida do Italiano, Aleix foi penalizado “sem merecer” cedendo 3 posições na corrida.

Segue resultado final da prova.

Pos. Points Num. Rider Team Time/Gap
1 25 93 Marc MARQUEZ Repsol Honda Team 44’15.974
2 20 26 Dani PEDROSA Repsol Honda Team 12.438
3 16 25 Maverick VIÑALES Movistar Yamaha MotoGP 18.135
4 13 46 Valentino ROSSI Movistar Yamaha MotoGP 20.466
5 11 35 Cal CRUTCHLOW LCR Honda 20.892
6 10 4 Andrea DOVIZIOSO Ducati Team 23.259
7 9 9 Danilo PETRUCCI OCTO Pramac Racing 24.079
8 8 41 Aleix ESPARGARO Aprilia Racing Team Gresini 30.559
9 7 44 Pol ESPARGARO Red Bull KTM Factory Racing 30.754
10 6 94 Jonas FOLGER Monster Yamaha Tech 3 33.236
11 5 42 Alex RINS Team SUZUKI ECSTAR 33.290
12 4 5 Johann ZARCO Monster Yamaha Tech 3 34.595
13 3 17 Karel ABRAHAM Pull&Bear Aspar Team 34.697
14 2 43 Jack MILLER EG 0,0 Marc VDS 38.062
15 1 99 Jorge LORENZO Ducati Team 40.100
16 45 Scott REDDING OCTO Pramac Racing 44.376
17 53 Tito RABAT EG 0,0 Marc VDS 45.454
18 22 Sam LOWES Aprilia Racing Team Gresini 53.976
19 29 Andrea IANNONE Team SUZUKI ECSTAR +1’23.346
20 8 Hector BARBERA Reale Avintia Racing 1 Lap
Empresario, pai e entusiasta do mundo das duas rodas, criou o blog Maniamoto em 2015 com a intenção te ter um espaço democrático e livre onde todos possam expor suas opiniões e trocar ideias sobre o assunto Motovelocidade.