MotoGP Retorno das ConcessÔes Para Suzuki

 

Por não ter conquistado um pódio de MotoGP nesta temporada, a Suzuki vai recuperar as concessÔes técnicas em 2018.

A fåbrica havia perdido o direito ilimitado de testes, 9, em vez de 7 mudanças no motor e isenção do congelamento  de desenvolvimento do motor depois de Maverick Vinales conseguiu quatro pódios durante a temporada de 2016.

Isso colocou a Suzuki, em iguais condiçÔes com a Honda, Ducati e Yamaha – deixando apenas a Aprilia e a KTM com regalias tĂ©cnicas.

Mas as concessÔes podem ser reintegradas, ela teve uma temporada sem um pódio e deve recuperar os benefícios.

O Estreante Alex Rins, que veio de um quarto lugar em ValĂȘncia final, o melhor resultado do ano para a equipe de Rins e Andrea Iannone.

Apesar de estarem em desvantagem, os trĂȘs fabricantes que competem sem concessĂ”es, em 2018, ainda apoiam a regra, pois reconhecem o crĂ©dito da presença de seis fĂĄbricas na categoria rainha.

Declarou de saĂ­da da Repsol Honda Livio Suppo.

É uma boa regra eu acho, honestamente, foi comprovado durante os Ășltimos anos, que, para ajudar os fabricantes que estĂŁo lutando Ă© bom para o campeonato. No final do dia, todas as alteraçÔes que a Dorna tem feito nos Ășltimos anos tem sido, na minha opiniĂŁo positiva. Nesta temporada eu acho que nĂłs temos visto tantas belas corridas atĂ© a Ășltima volta. Isso Ă© muito importante para todos nĂłs, eu acho.

Se a Suzuki esta temporada tem lutado sem exito Ă© necessario para o proximo ano acelerar o processo de desenvolvimento, isso Ă© bom. A KTM tem feito esta temporada incrĂ­vel. Sem isso [a concessĂŁo] teria sido impossĂ­vel.

Enquanto, que no passado, os fabricantes estavam focados em esmagar a concorrĂȘncia e nĂŁo dando uma chances para os seus rivais, O Diretor tĂ©cnico da Yamaha Racing, Lin Jarvis, diretor disse que Ă© ‘fenomenal’  corridas com vĂĄrios fabricantes, Ă© “melhor para todos nĂłs’.

“eu concordo com o Livio disse tambĂ©m o diretor da KTM Stefan Pierer, tenho muito prazer e orgulho de fazer parte desta fantĂĄstica categoria. Que beneficia a todos nĂłs. Se para a Suzuki sĂŁo capazes de dar-lhes essas concessĂ”es para intensificar o seu jogo e se tornar mais competitivo, isso apenas levantaria a todo o nĂ­vel, eu acho que uma das nossas grandes vantagens em relação a outros esportes a motor Ă© que o nĂ­vel das corridas  tem sido fenomenal. Absolutamente fenomenal. Eu acho que temos visto algumas fabulosas corridas no seco, e alguns ultrajantes, fabulosas corridas no molhado.

A Ducati explorou a versão inicial das regras de concessão, regras, destinadas a maquinas privadas, quando ela fez uma audaciosa tentativa de mudar todos os seus Protótipos de MotoGP para o extinta Classe Aberta em 2014, isso deu inicio a atual é vitoriosa regra.

Como vocĂȘ sabe, Na Ducati aproveitamos estas regras quando nĂŁo fomos competitivos, com isso fomos capazes de acelerar o desenvolvimento da moto. E quando chegamos a um nĂ­vel em que fomos capazes de pĂłdios, perdemos a concessĂ”es. É uma regra que se aplica a todos e que Ă© justo. Que ela ajuda o campeonato para se tornar tĂŁo competitivo e permite que novos fabricantes tenham uma chance de conseguir o nĂ­vel das equipas de topo.”

Confirmou projeto da Ducati MotoGP diretor Paolo Ciabatti.

No Entanto Davide Brivio gerente da equipe Suzuki,  insistiu que ele preferiria ter um pódio.

Eu escolheria o pĂłdio. As concessĂ”es, podem ser boas, mas no final do dia para testar mais Ă© muito difĂ­cil, porque Ă© difĂ­cil para encaixar nas agendas os dias adicionais. A Ășnica vantagem Ă© que talvez vocĂȘ possa desenvolver o motor durante a temporada. Mas eu ainda trocĂĄ-lo por um pĂłdio.

 

Matéria Traduzida para ver o original Crashnet

Empresario, pai e entusiasta do mundo das duas rodas, criou o blog Maniamoto em 2015 com a intenção te ter um espaço democråtico e livre onde todos possam expor suas opiniÔes e trocar ideias sobre o assunto Motovelocidade.