Motores Triumph da Moto2 girando 14.000rpms em 2019

Os fabricantes de chassis de Moto2 terão o primeiro gostinho de como o motor Triumph 2019 funcionará com seus projetos e também com a Central eletrônica Magneti Marelli durante um próximo teste em Aragon.

Enquanto a Kalex virou notícia por ter conduzido testes iniciais de chassis usando uma versão de rua padrão do Triumph de 765 cc , os motores atualizados – comparáveis ​​com a versão oficial da corrida de 2019 – serão fornecidos para a estreia da ECU em Aragon.

Estes motores provisórios foram modificados pela Externpro, que prepara as centrais de 600cc existentes da Honda e fará o mesmo durante a era Triumph.

A atualização é necessária devido à rotação extra que será liberada pela nova ECU. O sistema Magneti Marelli também (eventualmente) permitirá que os pilotos aprendam alguns dos controles eletrônicos usados ​​na ECU da MotoGP.

No dia 19 de junho, temos o primeiro contato oficial com os motores, fabricantes de chassis e ECU em Aragon”, disse o diretor técnico da MotoGP, Danny Aldridge, ao Crash.net.

“Vamos entregar um motor melhorado. Temos um kit de conversão, que o levará à especificação da Moto2.”

“Não é o motor oficial de 2019, mas está à altura das especificações do motor oficial em utilização.”

“O motor padrão da Triumph gira apenas 12.400 rpm. Mas com a central da Magneti Marelli vamos rodar – não está confirmado – por volta de 14.000 rpm. Então não queremos dar a eles a nova ECU para testar e depois explodir os motores padrão, é necessário ir com calma.”

“Com o motor Honda que usa também uma ECU padrão não foi um problema, mas agora eles têm que usar nossa nova Magneti Marelli ECU.”

“Trevor [Morris] da Externpro está fornecendo um kit de conversão. Os motores de produção foram enviados para a Externpro e eles foram convertidos para que possam rodar com a nova ECU no teste Aragon, haverá muito pouca diferença no desempenho dos motores convertidos e do motor oficial de 2019 da Moto2.”

Os motores de corrida da Triumph em 2019 são programados para fazer sua estreia oficial no final de novembro, no teste após a última corrida da temporada.

“Vamos fazer um teste nos dias 21, 22 e 23 de novembro, em Jerez – com todas as equipes – e isso será com os motores oficiais de 2019”, confirmou Aldridge.