O que pensa Jonathan Rea sobre os dois maiores pilotos de MotoGP da história?

O quatro vezes campeão do mundo de Superbike, Jonathan Rea, reportou que Marc Márquez está convertendo os fãs dentro e fora da pista com sua personalidade e estilo de pilotagem. Rea comparou Valentino Rossi ao campeão mundial de 2018 de MotoGP durante o último Royal Automobile Club Talk Show, e disse: “Infelizmente para o Marc, ele cresceu numa espécie de Rossi Mania”.

“Você desce a rua aqui em Londres e fala sobre motos e as pessoas mencionam Barry Sheene ou Valentino Rossi; o cidadão comum não conhece mais ninguém e Marc está fazendo um ótimo trabalho nesta nova era.


“Ele é o melhor piloto do mundo, no momento.”

Mas o irlandês do norte, que detém a maior sequência de vitórias seguidas no WSBK com 10 vitórias consecutivas, disse que Márquez conquistou sua própria identidade nas corridas de motos do Grand Prix. Mas não é só isso, ele acrescentou que a personalidade de Márquez está ganhando mais e mais fãs.

“Cada piloto tem um estilo específico que necessariamente não é certo nem errado, mas acho que o estilo de Márquez é o estilo de Márquez – será mundialmente famoso para sempre. Quero dizer, ele está levando as corridas para um outro nível. Explico:

“Todo ano vou a um campo de motocross na Espanha, e Marc arranjou para que usássemos a pista de seu assistente – José [Luis Martínez]. Todos os meus amigos são doidos por Rossi. Nós alocamos um caminhão, enchemos de motos e fomos para lá e foi um pouco estranho. Eu estava terminando e Marc teve que pular para uma sessão de fotos e, em seguida, ele veio até nós quando estávamos todos sentados conversando sobre o dia. Ele sentou-se com os meus amigos e perguntou a cada um: ‘Oi, o que você achou da pista, gostou? Você se divertiu?’

“E eles deixaram de ser fãs de Valentino para absolutamente admirar Marc Márquez.”

Rea tem disputado o campeonato WSBK por uma década, e admitiu que não será capaz de igualar a longevidade de Rossi. O italiano, de 39 anos, está na sua 18ª temporada de corridas de motos de grande prêmio e permanecerá com a Yamaha até ao final de 2019. Isso fará dele o primeiro piloto de MotoGP com mais de 40 anos desde Colin Edwards, em 2014.

“Eu me esforço para entender como ele ainda tem o desejo de continuar. Ele é o maior de todos os tempos, mas ainda está lá, e, às vezes, é a maior dor de cabeça para Marc. Sua temporada de 2017 foi incrível.”

“De jeito nenhum [eu poderia correr mais 14 anos]. O cara é uma lenda absoluta. Quer dizer, você não pode chamar muita gente de lenda e Valentino é uma lenda.


“É completamente maluco e, além disso, ele já conquistou tanto: nove títulos, propaganda, marcas… sua academia de pilotos – a VR46 Academy. E agora, ele coloca o seu traseiro numa motocross com esses garotos, famintos e implacáveis, – e ele está esmagando-os na pista.”

“Sua capacidade mental é realmente muito forte, e, eu acho, que no passado isso nunca poderia acontecer, já que no motociclismo moderno os equipamentos de segurança e a eletrônica envolvida estão realmente prolongando as carreiras dos pilotos; então, se você fisicamente está em ótima forma, por que não continuar?