Qual o real motivo da contratação de Jorge Lorenzo?

Jorge Lorenzo

Qual o real motivo da contratação de Jorge Lorenzo?

Jorge Lorenzo assistindo.

A contratação do cinco vezes campeão mundial, Jorge Lorenzo, caiu como uma bomba nuclear em meio aos confrontos que todos estavam acompanhando na dança das cadeiras da MotoGP. Essa novidade foi tão grande quanto a façanha do piloto de numeral 04(Andrea Dovizioso) disputando o título até a última corrida da temporada de 2017 contra o extraterrestre Marc Márquez.

Partindo do ponto lógico, ninguém imaginava que essas coisas realmente pudessem acontecer. Brincadeiras a parte com a atuação do piloto Andrea Dovizioso, o que realmente motivou a contratação de Jorge Lorenzo?

Desejo de renovação da equipe? A vontade do Puig em puxar o tapete do seu ex-cliente Dani Pedrosa? Na internet o que não falta são teorias conspiratórias, a seguir vamos ler as principais linhas de raciocínios que o fãs pensam sobre o assunto(ou criaram rs):

CONCORRÊNCIA SEM CONCORRÊNCIA

Muitos fãs acreditam que o único piloto capaz de parar Marc Márquez é Jorge Lorenzo, a Honda sabendo disso trouxe para sua casa o multicampeão custando alguns trocados, a mídia especializada diz que o contrato custará cerca de 4 milhões de euros por ano. A partir disso Marc poderá continuar correndo de forma soberana com o único homem capaz de pará-lo na MotoGP servindo de capacho.

Jorge Lorenzo

MÃOZINHA DA DORNA

Teoria interessante, muitos acreditam que essa contratação aconteceu com a ajuda de Carmelo Ezpeleta. Jorge Lorenzo é amado por uns e odiado mais ainda por outros, mas tem seu papel na competição. A perca de uma peça tão importante como essa no circo da MotoGP por falta de uma boa vaga para alocá-lo seria complicado para a imagem de uma competição de proporções mundiais, financeiramente falando. Os fãs mais acalorados chegam a comparar essa situação com a do The Doctor 46, a Dorna naquela época também com medo de perder uma figura tão importante como o “Véio”, chegou a subsidiar seu salário na Yamaha após sua passagem fraquíssima pela Ducati.

Jorge Lorenzo e Valentino Rossi

PILOTO DE DESENVOLVIMENTO DE LUXO

É triste ver o desempenho do equipamento Honda nas mãos das equipes satélites se compararmos a atuação que outras equipes satélites têm com equipamentos da Yamaha e Ducati. Pensando nisso a Honda trouxe para seu lado um piloto que foi responsável pela glória da Yamaha, até sua saída(risos). Muitos fãs acreditam que a função do Lorenzo será ajudar no desenvolvimento da moto para que todos consigam guiá-la de forma competitiva, e não apenas um piloto conseguindo extrair tudo como vem acontecendo nos últimos anos.

PERSEGUIÇÃO

Após a saída inesperada de Lívio Suppo, Alberto Puig foi nomeado chefe de equipe da Honda na MotoGP. Puig era empresário do piloto Dani Pedrosa, já que a vida não é um mar de rosas a relação de negócios entre os dois acabou não dando mais certo, Dani seguiu seu rumo mas a vida é engraçada e deu ao Sr. Puig o direito de ser chefe do seu ex-cliente. A vontade de ver Dani no olho da rua era enorme, na vaga de Dani foram cotados vários pilotos, Franco Morbidelli, Andrea Dovizioso, Zarco, Jack Miller, Jonathan Rea, Joan Mir, no fim a graça(ou maldição?) acabou caindo no colo de Jorge Lorenzo. Um bom negócio? Saberemos em breve.

Dani Pedrosa

E você, concorda com alguns dos pontos citados na matéria? Participe com opinião na caixa de comentários.

Leia também: Joan Mir é confirmado na Suzuki