Quem ocupar√° a segunda vaga na Tech3 KTM?

O chefe de equipe da Tech3 KTM(temporada 2019), Hervé Poncharal, ainda tem disponível um atraente lugar na sua equipe para 2019. A lista de candidatos está ficando mais e mais longa.

Ainda há três lugares em aberto nas equipes de fábrica de MotoGP para 2019 РDucati, Honda e Aprilia Racing Team Gresini.

Mas também há um lugar atraente na futura equipe da Tech3-KTM da Hervé Poncharal, porque a KTM sempre equipará a nova equipe de clientes com equipamentos de fábrica da mais recente especificação, mesmo que durante a temporada as peças da evolução irão primeiro para a equipe Red Bull KTM.

Hervé Poncharal já tem um promissor estreante em uma de suas vagas, trata-se de Miguel Oliveira, atualmente segundo colocado na Moto2 pilotando na Red Bull KTM.

E quem é elegível para o segundo lugar?

No momento deve ser aguardado como será o futuro da equipe Marc VDS Racing, que possivelmente irá se retirar no final de 2018. Da Marc VDS poderia ser oferecido pilotos como Alex Márquez, Franco Morbidelli. Para este propósito, Hafizh Syahrin continua sendo uma incógnita.

Estrelas como Andrea Iannone e Jorge Lorenzo est√£o al√©m do esquema salarial que a equipe deseja encarar, por bi√™nios ambos ganham respectivamente 6 milh√Ķes e 25 milh√Ķes de euros.

Al√©m disso, a KTM prefere pilotos da sua pr√≥pria casa, ent√£o at√© mesmo o piloto de testes Mika Kallio pode ser um forte candidato, mesmo que ele n√£o esteja mais na categoria de piloto junior com seus 36 anos de idade. “Mas se ele conseguir se destacar melhor nas pr√≥ximas corridas em Barcelona, ‚Äč‚ÄčSachsenring ou Spielberg e n√£o tiver outro piloto, Mika tamb√©m √© uma op√ß√£o”, enfatiza o diretor da KTM Motorsport, Pit Beirer.

Pilotos da Moto2 como Lorenzo Baldassarri também estarão assistindo atentamente.

A KTM também gostaria de ver um piloto de língua alemã na KTM RC16. Jonas Folger não está atualmente sendo considerado por qualquer equipa de MotoGP devido a sua doença e Poncharal tem um bom apreço pela seu serviço prestado na temporada de 2017, e Stefan Bradl está fora de cogitação devido ao seu trabalho de piloto de testes HRC. Na Repsol-Honda, ele será wildcard em Brno e Misano.

“O motorista tem que ser promissor, r√°pido e um cara decente.”, diz Pit Beirer.¬†

Leia também: Pit Beirer fala sobre a caminha da KTM na MotoGP
https://maniamoto.com/pit-beirer-continuamos-na-estrada/

Matéria originalmente traduzida do site:
http://www. speedweek. com/motogp/news/127491/Tech3-KTM-2019-Wer-faehrt-neben-Miguel-Oliveira.html