Rapidinhas da MotoGP – Declarações dos pilotos.

Valentino Rossi sobre a Yamaha
“Ano passado sofri muito com a moto e o chassi, porque não gosto da 2017. O outro problema maior é que na segunda metade da temporada a Ducati e a Honda deram um grande passo à frente na parte da eletrônica. Eles investiram muito dinheiro e recursos humanos, a Yamaha não fez o mesmo. Este foi o problema, é por isso que chegamos tão tarde e ficamos para trás”.

 

Zarco fala de Randy Mamola:
“Eu honestamente não acho justo que Randy vai se tornar uma lenda da categoria porque ele nunca ganhou um título mundial. Isso tira a importância da MotoGP”.
“É claro que merece ser uma lenda na memória de todos nós porque fez coisas  realmente incríveis, mas em certo sentido tira o valor conquistado pelos outros pilotos”.
Continuando a falar a respeito do Zarco, O piloto francês estaria a um passo de um acordo com a KTM, ou talvez ele já tenha assinado por dois anos no fim de semana em Austin no Texas. De acordo com o Speedweek.com, o francês resolveu pegar o embalo da Tech3 que também decidiu assinar com a KTM.

Dovizioso sobre a corrida em Austin:
“Esperava ser mais competitivo na Argentina e nos Estados Unidos, mas há um ano cheguei em Jerez muito mais distante na classificação e agora estou na liderança. Fizemos alguns progressos para administrar as corridas, mas não o suficiente para disputar o campeonato. Em certas corridas, não podemos nos dar o sexto, sétimo ou oitavo. Foi um fim de semana difícil, nós trouxemos para casa a vitória”.
“Minhas indicações são as mesmas há cinco anos. Sempre digo que precisamos melhorar no meio da curva, nesse ponto perdemos mais do que as outras motos. No entanto, somos fortes nas acelerações, em linha reta. É complicado encontrar uma solução. No inverno melhoramos bastante, mas não o suficiente, em pistas como essa sofremos muito”.
Ainda segue um mistério a renovação do piloto italiano.

Iannone:
“Não foi fácil. No final, hoje eu quero dizer que eu fui mais forte do que os rumores que as pessoas estavam cuspindo em mim”.

Jorge Lorenzo:
“Estou muito triste e desapontado. Esta moto é pior do que a do ano passado para mim.”

 

Pra quem perdeu a Corrida segue a reprise: