Resumo do primeiro dia de testes em Mugello.

O teste de Mugello acabou sendo ameaçado pelo tempo, mas apesar disso foi um momento valioso dentro da pista para as equipes. As tabelas de tempos Рque não eram oficiais Рtiveram a Honda no topo, com Marc Marquez (Repsol Honda Team) como o homem mais rápido à frente do companheiro de equipa Dani Pedrosa e do Cal Crutchlow da LCR Honda Castrol. Marquez levou um tombo, mas está ok.

Dovizioso¬†e¬†Lorenzo¬†trabalharam na prepara√ß√£o do Grande Pr√©mio de It√°lia, a 1 e 3 de Junho. Lorenzo¬†tamb√©m tentou um novo chassi e uma carenagem aerodin√Ęmica ligeiramente modificada do projeto j√° usam atualmente. Eles planejam fazer mais progressos, j√° que h√° uma pista como Le Mans no caminho que n√£o √© a melhor para a equipe, pelo menos no papel.

Nova carenagem que o Lorenzo testou.

J√° na Yamaha os pilotos tentaram trabalhar, acima de tudo, na eletr√īnica, o verdadeiro calcanhar de aquiles da Equipe.¬†H√° problemas na acelera√ß√£o, dado os giros em falso da roda traseira que ocorre na sa√≠da das curvas e o consequente consumo excessivo da borracha. Desde¬†o ano passado, a Yamaha teve esta lacuna para preencher e ainda n√£o conseguiu colocar os dois pilotos nas condi√ß√Ķes certas para lutar contra a Honda e a Ducati.

A Aprilia com Aleix Espargaró e Redding que trabalharam especialmente no motor, e a Suzuki, com Iannone e Rins também estavam felizes com o teste. 

Aprilia, Suzuki e Ducati permanecem em Mugello para testar na sexta-feira com seus respectivos pilotos de testes: Sylvain Guintoli, Michele Pirro e Stefan Bradl.