Rossi testou a M1 2020 em Brno, a crise acabará?

A Yamaha está com pressa, nessa segunda-feira, 5 de agosto, a fabricante japonesa finalmente trouxe uma moto “preta” para a sua garagem no teste coletivo em Brno, na realidade trouxeram duas, uma para Valentino Rossi e outra para Maverick.

Como o Doutor antecipou ontem, o motor da M1 mudou, apesar de ser o mesmo 4 cilindros em linha recebeu atualizações internas para gerar mais potencia com o intuito de ter mais velocidade e aceleração, fatores esses que são as fraquezas atuais da Yamaha.

Não foi apenas o motor que mudou, está sendo testado um novo chassi. As carenagens não permitem ver muito, mas possivelmente a Yamaha esteja testando novos ângulos de inclinação do motor na fixação do quadro.

Nas primeiras voltas Valentino usou a carenagem padrão antes de usar uma em fibra de carbono.