Scott Redding : Aprilia não terá sucesso apenas trocando pilotos.

Scott Redding
Scott Redding - Aprilia

A primeira metade da temporada na equipe de fábrica da Aprilia em 2018 foi decepcionante para Scott Redding. Agora, o piloto de MotoGP revelou por que o sucesso com a Aprilia até agora falhou e criticou a estratégia dos italianos.

Scott Redding
Scott Redding

Nas primeiras oito corridas de MotoGP da temporada de 2018, Scott Redding conseguiu apenas 11 pontos e está em 19º no campeonato. Na Aprilia o britânico será substituído por Iannone no próximo ano, e provavelmente terá de abandonar a categoria da MotoGP.

Espera-se que Redding corra no Campeonato Mundial de Superbike em 2019. “Eu nasci para vencer. Eu quero ganhar. Na primeira metade da temporada, eu realmente queria mostrar bons resultados, mas não consegui. Eu trabalho, trabalho, trabalho e nunca recebo uma recompensa por isso. Mas eu nunca desisto. Eu posso estar um pouco frustrado, mas nunca desisto.”

“A moto que recebemos para testes em Sepang e Tailândia é a mesma que é agora. Eu pensei que o desenvolvimento seria maior e progrediriamos mais rápido. A moto tem potencial para bons resultados. O problema é que você está sempre acima do limite. Você teria que dar um passo atrás e ver como a moto pode ser melhorada, trabalhar para isso e, em seguida, entregar os resultados”, diz Scott Redding.

Scott Redding não está muito confiante. “Vou ter problemas no próximo final de semana e, provavelmente, nos próximos três. Eu sei disso antes de chegar na pista. Isso é difícil para mim. Precisamos deixar o motor mais suave e mais fácil de conduzir na faixa de rotação mais baixa. Ele é muito agressivo. Estamos aguardando atualizações para melhorar isso. Um motor com uma personalidade diferente também nos ajudaria em todas as outras áreas”.

“Acredito na Aprilia e neste projeto, mas eles poderiam fazer muito melhor. Se eu tivesse a oportunidade, ficaria. Mas eles me julgaram depois de quatro corridas. Eu não acho que isso seja justo. Eles me contrataram para desenvolver a moto. Eu tentei isso. Mas eles queriam ver bons resultados ao mesmo tempo. E em um tempo muito curto. Eu gostaria de ter mais tempo”, diz Redding, muito irritado.

Se você colocar Márquez na minha moto, ele não vai ganhar a corrida. É claro que ele seria melhor que eu, mas apenas mudando o piloto a Aprilia não vencerá corridas de repente. Eles têm que pensar sobre isso. Alterar apenas o piloto não alterará os resultados de forma significativa. Quando as coisas não estão indo bem para um motorista como Iannone, há tensão e pressão. Este é um jogo de azar que eles estão entrando agora. Vamos ver como funciona”.

Redding agora tem que procurar outras oportunidades para 2019. “Quando eles me disseram, perdi minha motivação. Mas ainda tenho que mostrar bons resultados para garantir meu futuro. É muito tarde, eu não tenho muitas opções. Mas vou tentar aproveitar até Valência “.
________________

Matéria originalmente traduzida do site SpeedWeek.com

Leia também: Jorge Lorenzo, Honda e uma folha de papel em branco.