Suzuki levar√° um novo motor para seus pilotos em Assen

Página virada após os problemas acusados em Montmeló, ou pelo menos essa é a intenção do Team Suzuki Ecstar, que chega a Assen com a crença de que o Circuito é um ótimo lugar para as características da GSX-RR, que apresentará uma importante inovação: a partir deste estágio ambos os pilotos terão de fato um novo motor, o mesmo que trouxeram durante o GP da Catalunha pelo Sylvain Guintoli(piloto de testes), com o objetivo de melhorar o desempenho em termos de velocidade em comparação aos concorrentes no gride.

Suzuki Ecstar

Andrea Iannone está otimista em relação a esta etapa e, embora no ano passado tenha tido muitas dificuldades nesta pista, tem a certeza de um bom resultado. Para Alex Rins é um circuito já conhecido, casa do seu regresso em 2017, após a lesão no Texas, e os testes realizados na Catalunha deixam a esperança de que o piloto espanhol possa começar com o pé direito.

“Fechamos a fase de Barcelona com um sentimento positivo¬†e espero confirmar esta tend√™ncia tamb√©m em Assen, esperando no entanto um melhor resultado na corrida.¬†Percebemos que somos competitivos em todas as sess√Ķes, mas sofremos na corrida, deixando de manter um bom ritmo por mais de 20 voltas: √© um aspecto que vamos focar diante desse GP.¬†Eu acho que o layout da ‘Catedral’ √© muito bom de dirigir e que ele pode se adaptar √†s caracter√≠sticas da Suzuki.¬†O potencial √© √≥timo, mas temos que continuar trabalhando “.

Para Rins, como mencionado, √© uma mem√≥ria especial, dado um primeiro ano particularmente dif√≠cil no MotoGP devido a v√°rias les√Ķes:¬†“Assen √© um lugar especial para mim, em 2017 foi o lugar onde voltei a competir na categoria rainha depois de uma les√£o no bra√ßo.¬†Eu gosto da pista, h√° muitas curvas r√°pidas e √© muito t√©cnico, n√£o √© por nada que eles chamam de ‘A Catedral’ das duas rodas!”
___________________

Leia também: Stefen Pierer: Chassi tubular é nossa religião

Matéria originalmente traduzida do site Corsedimoto