Suzuki vence com Viñales e Quebra Jejum de 9 Anos

Maverick vence me Silverstone

Grande vitória de Maverick Viñales em Silverstone, Crutchlow em segundo após uma batalha incrível com Valentino Rossi, Andrea Iannone e Marc Márquez.

Uma grande corrida assistimos no solo britânico. Viñales venceu depois de uma primeira corrida com um acidente grave entre Loris Baz e Pol Espargaró.




Rossi largou bem e assumiu a liderança, mas Viñales toma o primeiro lugar ainda na primeira volta. Fugia na frente quando o acidente levou à exibição da bandeira vermelha.

No recomeço, o primeiro este ano, a corrida foi encurtada em uma volta. Crutchlow largou bem dessa vez, assegurando o primeiro lugar, segurando os ataques de Rossi e Viñales.

O espanhol assumiria a frente da corrida ao mesmo tempo que Márquez ultrapassava Rossi, que passava para quarto. Lorenzo passava Redding e era agora sétimo.

Na frente Márquez ultrapassa Crutchlow e assumia o segundo lugar, com Viñales ganhando terreno na frente no final das duas primeiras voltas.

Bradl caía e abandonava a corrida, com Redding com problemas com a moto empurrando para tentar fazer o motor. Viñales fugia na frente da corrida enquanto Crutchlow tentava passar Márquez, sem sucesso, e o mesmo para Rossi, que não conseguia passar o britânico…até que a 15 voltas do fim Rossi consegue ultrapassar Crutchlow, perseguindo agora Márquez, segundo classificado.

Pedrosa passava Iannone era agora quinto, com Rossi a conseguir passar Márquez e a chegar ao segundo posto…seguido de muito perto pelo 93 e pelo 35.

A dez voltas do fim Crutchlow ultrapassa Márquez e passa a ser terceiro, na traseira de Rossi, mas pouco depois um Iannone em grande ultrapassa Márquez e surpreende Crutchlow, lançando-se no encalço de Rossi. Consegue bater Il Dottore mas o 46 responde e devolve a manobra. A luta pelo segundo lugar estava ao rubro, com Viñales a 4.6 segundos de vantagem sobre o segundo.

A seis voltas do fim, Iannone cai quando era segundo. Rossi é o novo terceiro classificado, envolvendo-se numa luta com Márquez…com o espanhol a levar a melhor.

Quatro voltas para o final e Viñales estava longe na frente, com Crutchlow em segundo, já com alguma vantagem sobre Márquez e Rossi, que lutavam pelo terceiro lugar, com o italiano em desvantagem mais uma vez.

Márquez batalha depois com Crutchlow e comete um erro que o obriga a fazer uma curva por fora, saindo brevemente da pista. Crutchlow estava agora sozinho no segundo lugar.

Fim da corrida e vitória de sonho para a Suzuki, anos depois! Crutchlow chega ao pódio no GP em casa, com Rossi a fechando o pódio.

Márquez em declaração a imprensa se diz arrependido pelo risco que correu fazendo menção ao velho Márquez irresponsável não poderia voltar mais, disse o piloto

Cometi dois erros. Em primeiro lugar equivoquei-me na escolha do pneu da frente, e depois no corpo a corpo com alguns pilotos, onde corri muitos riscos. Este Marc não pode aparecer mais.

Outro piloto que correu muitos riscos foi Iannone que estava com braço machucado e guiava segundo declarações dele apenas com um braço, ele creditou sua queda a uma falha na pista, até aquele momento tinha feito grande corrida de recuperação.

Já o atual Campeão Mundial Jorge Lorenzo diz que já jogou a toalha, dando a entender que há algo errado na equipe ou algum fato externo.

Não quero mais saber do campeonato porque não estamos competitivos, estamos perdendo muitos pontos. De alguma fora acontece-nos sempre alguma coisa para que percamos pontos nas últimas corridas.

Mas a grande estrela do dia foi mesmo Maverick Viñales que é o sétimo vencedor diferente em onze corridas este ano mostrando que o campeonato é o melhor das ultimas decadas.

Depois de conseguir o seu primeiro pódio em MotoGP, o espanhol logrou agora o primeiro triunfo entre os melhores dos melhores, um triunfo que admite nunca ter pensado ser possível tão rápido.

‘É um grande momento para mim e não acreditava que o pudesse fazer este ano, sempre pensei que fosse apenas no próximo ano. Sinceramente estou muito feliz por o fazer pela equipe antes de deixar a Suzuki, e esta é uma das melhores presentes que lhes posso dar’

diz o piloto ao Crash

vinales-2

Veja a corrida completa se perdeu

Posição final da corrida

POS # RIDER NAME GAP
1
25
M. VIÑALES
39:03.559
2
35
C. CRUTCHLOW
+3.480
3
46
V. ROSSI
+4.063
4
93
M. MARQUEZ
+5.992
5
26
D. PEDROSA
+6.381
6
4
A. DOVIZIOSO
+12.303
7
41
A. ESPARGARO
+15.672
8
99
J. LORENZO
+19.432
9
9
D. PETRUCCI
+25.618
10
19
A. BAUTISTA
+32.084
11
68
Y. HERNANDEZ
+36.131
12
50
E. LAVERTY
+39.130
13
22
A. LOWES
+40.143
14
8
H. BARBERA
+41.356
15
53
T. RABAT
+41.443
16
43
J. MILLER
+47.610
17
45
S. REDDING
+1:56.902
RT
29
A. IANNONE
28:35.538
RT
6
S. BRADL
4:18.870
NS
76
L. BAZ
NS
44
P. ESPARGARO

Moto2

tom_luthi-silverstone

Tom Luthi vence a corrida de Moto2 em Silverstone um triunfo especial depois de ter caído em um acidente grave há duas semanas na sessão de qualificação de Brno.

O piloto chegou a ser transportado para o hospital com um traumatismo cranioencefálico.

‘Vencer em Silverstone é uma sensação indescritível. Vivi tempos difíceis entre a última corrida e esta. Nem me consegui preparar bem para esta corrida. Por isso, voltar para casa com a vitória é muito, muito especial‘,

afirmou o piloto na flash-interview.

A corrida foi marcada por uma manobra irresponsável de Zarco que foi penalizado em 30 segundos ficando com o 22 segundo lugar

Terminando assim a corrida:

POS # RIDER NAME GAP
1
12
T. LUTHI
38:49.473
2
21
F. MORBIDELLI
+0.856
3
30
T. NAKAGAMI
+1.179
4
55
H. SYAHRIN
+1.359
5
94
J. FOLGER
+1.970
6
5
J. ZARCO
+5.232
7
7
L. BALDASSARRI
+5.292
8
40
A. RINS
+7.962
9
24
S. CORSI
+8.421
10
54
M. PASINI
+8.556
11
49
A. PONS
+13.740
12
23
M. SCHROTTER
+15.381
13
11
S. CORTESE
+16.089
14
97
X. VIERGE
+16.564
15
60
J. SIMON
+22.155
16
52
D. KENT
+22.190
17
19
X. SIMEON
+27.892
18
2
J. RAFFIN
+29.045
19
14
R. WILAIROT
+29.195
20
27
I. LECUONA
+31.565
21
87
R. GARDNER
+31.722
22
22
S. LOWES
+32.701
23
57
E. PONS
+38.296
24
70
R. MULHAUSER
+38.716
25
73
A. MARQUEZ
+44.146
26
10
L. MARINI
+56.350
RT
44
M. OLIVEIRA
24:09.321
N1
32
I. VIÑALES
53.775

Após a instauração de 30 segundos a Zarco, por pilotagem irresponsável, a tabela final ficou assim:

POS # RIDER NAME GAP
1
12
T. LUTHI
38:49.473
2
21
F. MORBIDELLI
+0.856
3
30
T. NAKAGAMI
+1.179
4
55
H. SYAHRIN
+1.359
5
94
J. FOLGER
+1.970
6
7
L. BALDASSARRI
+5.292
7
40
A. RINS
+7.962
8
24
S. CORSI
+8.421
9
54
M. PASINI
+8.556
10
49
A. PONS
+13.740
11
23
M. SCHROTTER
+15.381
12
11
S. CORTESE
+16.089
13
97
X. VIERGE
+16.564
14
60
J. SIMON
+22.155
15
52
D. KENT
+22.190
16
19
X. SIMEON
+27.892
17
2
J. RAFFIN
+29.045
18
14
R. WILAIROT
+29.195
19
27
I. LECUONA
+31.565
20
87
R. GARDNER
+31.722
21
22
S. LOWES
+32.701
22
5
J. ZARCO
+35.232
23
57
E. PONS
+38.296
24
70
R. MULHAUSER
+38.716
25
73
A. MARQUEZ
+44.146
RT
10
L. MARINI
36:58.328
RT
44
M. OLIVEIRA
24:09.321
N1
32
I. VIÑALES

Moto3

brad_binder-silverstone

Brad Binder vence a corrida impropria para quem sofre de problemas cardíacos, um passo importantíssimo para a conquista do campeonato do mundo de Moto3 com o triunfo em Silverstone.

Corrida espectacular a que estava a ser a de Moto3. Navarro, Binder e Bagnaia iam alternando entre si na liderança da corrida, mas à entrada das últimas dez voltas, Navarro, que fizera uma grande recuperação desde a largada, era primeiro.

Binder foge na frente, Bagnaia foi segundo e Bendsneyder completou o pódio. O quarto lugar foi para a surpresa da corrida, Manzi.

POS # RIDER NAME GAP
1
41
B. BINDER
38:39.142
2
21
F. BAGNAIA
+0.183
3
64
B. BENDSNEYDER
+0.336
4
62
S. MANZI
+0.787
5
8
N. BULEGA
+0.802
6
4
F. DI GIANNANTONIO
+0.883
7
23
N. ANTONELLI
+0.920
8
33
E. BASTIANINI
+1.016
9
36
J. MIR
+1.193
10
44
A. CANET
+1.409
11
88
J. MARTIN
+1.624
12
19
G. RODRIGO
+2.400
13
65
P. OETTL
+8.585
14
95
J. DANILO
+12.807
15
55
A. LOCATELLI
+12.839
16
84
J. KORNFEIL
+12.885
17
58
J. GUEVARA
+13.174
18
17
J. MCPHEE
+13.216
19
48
L. DALLA PORTA
+13.326
20
76
H. ONO
+16.963
21
11
L. LOI
+32.397
22
40
D. BINDER
+39.125
23
89
K. PAWI
+39.140
24
7
A. NORRODIN
+39.257
25
53
M. BEZZECCHI
+39.414
26
24
T. SUZUKI
+39.516
27
6
M. HERRERA
+39.714
28
3
F. SPIRANELLI
+51.679
29
77
L. PETRARCA
+1:09.870
30
16
A. MIGNO
+1:32.740
RT
9
J. NAVARRO
35:00.595
RT
43
S. VALTULINI
35:44.717
RT
42
M. RAMIREZ
32:48.589
RT
20
F. QUARTARARO
13:19.997
N1
12
A. ARENAS

Fonte Motorcyclesports, GPOne

Empresario, pai e entusiasta do mundo das duas rodas, criou o blog Maniamoto em 2015 com a intenção te ter um espaço democrático e livre onde todos possam expor suas opiniões e trocar ideias sobre o assunto Motovelocidade.